Sistema 1 / Sistema 2: As 2 velocidades do pensamento

Em seu livro Sistema 1 / Sistema 2: As 2 velocidades do pensamento (aff), Daniel Kahneman explica como tomamos decisões diariamente e o que causa nossos erros de julgamento.

Ele distingue 2 formas de pensar que influenciam nossa tomada de decisão :

  • pensamento rápido
  • pensamento lento

Neste artigo veremos a que correspondem essas 2 velocidades de pensamento e como usá-las a nosso favor para tomar decisões.

Sistema 1: Pensamento Rápido

O sistema 1 é o sistema de raciocínio rápido. É inconsciente e baseia-se principalmente em nossas impressões, intuições, intenções e sentimentos. Este é o mais usado no piloto automático.

Tomemos um exemplo concreto. Você está andando na rua com um amigo e procurando um restaurante. Você passa por um deles e seu amigo se oferece para comer lá. Você realmente não sabe por que, mas o restaurante não o tenta. Há algo errado com você. Você diz a ele que prefere continuar andando para encontrar outro.

Aqui você tem um exemplo perfeito de raciocínio rápido. Você confiou em sua intuição e sentimentos para tomar sua decisão. Você decidiu seguir em frente porque o restaurante lhe deu a impressão errada. Você só levou alguns segundos.

Vamos dar outro exemplo. Você deseja criar um vídeo promocional para sua empresa e decide passar por um provedor de serviços. Você conversa com 2 deles ao telefone e acaba escolhendo aquele com quem teve a melhor sensação.

Este também é um exemplo de raciocínio rápido. Você baseia sua decisão em seus sentimentos.

Sempre que você confia em seus sentimentos, impressões e intuições, você está no modo de pensamento rápido.

mesa de trabalho
mesa de trabalho

Você também está nessa maneira de pensar quando confia em argumentos de autoridade, ou seja, quando toma suas decisões confiando em especialistas, especialistas e líderes.

Se você busca ganhar visibilidade, por exemplo, e se inspira no que o líder do seu mercado está fazendo, você está operando no Sistema 1.

Em suma, o Sistema 1 permite que você tome decisões rapidamente com base em recursos facilmente acessíveis, ou seja, em suas intuições, impressões e no que os especialistas ao seu redor dizem e fazem.

Este sistema é conveniente porque requer relativamente pouco esforço e economiza muito tempo. Sua principal desvantagem, no entanto, é que faz com que você cometa mais erros.

Quando você baseia sua reflexão em suas intuições, impressões… é mais provável que você esteja sob a influência de seus preconceitos e suas emoções.

Um restaurante que não parece muito acolhedor do lado de fora pode realmente ser um bom endereço.

Um prestador de serviços com o qual você se sente bem não é necessariamente o mais qualificado para realizar seu projeto.

E o que o líder em seu mercado está fazendo pode não ser adequado para sua jovem empresa.

O pensamento rápido é relevante em alguns casos, mas em outros é melhor favorecer o Sistema 2.

Sistema 2: Pensamento Lento

O Sistema 2, ao contrário do Sistema 1, é mais reflexivo e consciente. Mistura lógica e análise. Também é mais lento porque envolve fazer um inventário de evidências e argumentos para tomar suas decisões, o que exige mais esforço e energia.

Esse sistema vai muito além de nossas impressões, intuições e argumentos de autoridade. Requer encontrar a informação na fonte e processá-la de forma objetiva usando diferentes modelos e matrizes de decisão.

Vamos pegar o exemplo do provedor de serviços para entender melhor. Neste caso específico, em vez de confiar em seus sentimentos para tomar sua decisão, você entraria em contato com 3 clientes com quem o prestador de serviços trabalhou no passado e compararia o feedback deles.

Como você pode imaginar, entrar em contato com 3 clientes e comparar as informações entre eles leva mais tempo, mas também é uma boa maneira de reduzir a margem de erro.

Assim, em resumo temos por um lado um sistema rápido e intuitivo mas que nos expõe a erros e por outro um sistema mais analítico que nos permite tomar decisões mais informadas mas que também é mais lento.

Então, qual é o melhor sistema para tomar nossas decisões?

Isto é o que veremos agora.

menina trabalhando
menina trabalhando

Qual é o melhor sistema para decidir

À primeira vista, pode-se pensar que o Sistema 2 é o melhor porque reduz a margem de erro, mas o problema, como vimos, é que também requer muito tempo e energia. Portanto, seria irrealista usar o Sistema 2 o tempo todo.

Imagine confiar no System 2 para todas as decisões: procurar um restaurante, escolher um filme, fazer compras, escolher sua roupa… você ficaria completamente louco.

É por isso que não existe um sistema melhor que outro, existem apenas situações mais adequadas que outras.

A melhor maneira de saber qual sistema usar é considerar a importância de sua decisão.

Para pequenas decisões diárias, use o Sistema 1, você economizará muito mais tempo e energia e limitará a fadiga da decisão.

Cometer erros neste caso só terá um impacto mínimo em sua vida. Se você escolher a caixa errada de cereal ou perceber depois que não gostou do prato que pediu no restaurante, isso terá muito pouco impacto no seu dia.

Por outro lado, para decisões mais importantes e complexas, escolha o Sistema 2.

Quando uma decisão define a trajetória de sua vida e determina o sucesso de seu negócio ou de sua carreira, é de seu interesse colocar as coisas em perspectiva e analisar suas opções.

  • Em quais ações devo investir?
  • Qual candidato recrutar?
  • Devo aumentar o preço dos meus serviços ?
  • Devo me mudar?

São por exemplo decisões do Sistema 2.

Com base na importância de suas decisões, você poderá determinar qual sistema é o mais adequado.

Mas como exatamente se reconhece uma decisão importante?

O que é uma decisão importante?

Uma maneira simples de saber se sua decisão é importante ou não é fazer as seguintes perguntas:

  • Essa decisão pode mudar a trajetória da minha vida?
  • Se eu tomar uma decisão ruim, isso me manterá acordado à noite?
  • Tomar essa decisão poderia fazer com que eu perdesse algo caro?
  • Pelo contrário, tomar essa decisão pode me fazer ganhar muito?
  • Esta decisão tem um forte impacto sobre os outros?

Se você responder sim a qualquer uma dessas perguntas, sua decisão provavelmente é importante.

___

Em resumo, aqui está o que você deve lembrar do Sistema 1 / Sistema 2:

  • O sistema 1 é o sistema de raciocínio rápido. É aquele que se baseia em suas intuições e que permite que você tome decisões rapidamente. Sua principal desvantagem é que ele o engana com mais frequência.
  • O Sistema 2 é o sistema analítico que consiste em buscar informações e analisá-las com modelos, matrizes… Reduz sua margem de erro, mas também é mais lento e consome mais energia.
  • Para saber qual sistema escolher, baseie-se na importância da escolha que você enfrenta. Quando sua escolha for trivial, use o Sistema 1, quando for importante, use o Sistema 2.

Explorando o Gamebucks: Transformando Opiniões em Inovação Gamer

O Gamebucks, uma criação visionária do programador brasileiro Carlos, celebrado como o Elon Musk...

Guia Essencial para Escolher a Agência de Marketing Digital Perfeita para o Seu Negócio

O marketing digital tornou-se uma ferramenta indispensável para empresas que buscam se destacar no...

Técnico Mecânico Hidráulico: Um Guia Completo Sobre a Profissão

A carreira de Técnico Mecânico Hidráulico é uma das mais fundamentais no setor industrial...